Páginas

quarta-feira, agosto 23, 2017

Primeira-dama

Os colunistas sociais vão babar. 

É claro, como sempre, os assuntos da região caem quentinhos no meu colo. É escândalo para ninguém botar defeito.

Particularmente, o assunto é exaurido no meu livro.

"Eu era juiz em Santiago e um vereador quis trocar o nome da Praça Moisés Viana"


*Ruy Gessinger, o maior Jurista do nosso Estado entra
no debate sobre trocar nomes de logradouros
públicos
Em diálogo com a redação o Desembargador Ruy Gessinger, que foi juiz em nossa cidade, manifestou-se: " Meu amigo Prates,eu quero te dar um testemunho. Sobre troca de nome de logradouros públicos, eu era juiz em Santiago quando fiquei sabendo, naquela época, que um vereador da câmara municipal de Santiago, estava pensando em propor trocar o nome da praça Moisés Viana por outro nome, que eu não me lembro qual era, ele até teria declarado: afinal é muita homenagem para este juiz aí. Esse juiz, que foi assassinado a tiros por proteger a lisura eleitoral e que - hoje - é o Patrono da Justiça Eleitoral Brasileira.  Olha só como é este negócio de estar trocando de nomes de logradouros públicos. Um abraço meu amigo". 

---

* Foi delegado de Polícia, Juiz e Desembargador. Hoje é titular do Escritório Gessinger, em Porto Alegre. Autor de vários livros, Professor da Escola de Magistratura do Rio Grande do Sul e Professor Universitário. Formado pela UFRGS, com estudos complementares na Alemanha. Pai do jovem Rudolf, jovem estudante de Direito e da Dra. Milene, jovem juíza de Direito do TJ-RS. Ruy Gessinger é apontado pela crítica especializada como um dos nossos maiores juristas contemporâneos. Casado com a santiaguense Dra. Maristela Genro Gessinger. Também é Blogueiro: www.ruygessinger.blogspot.com.br


ECO-LARANJA

Em Santiago, florescem eco-laranjeiras e eco-laranjais e eco-laranjas.

SAUDAMOS O MAIS NOVO MEMBRO DA CONFRARIA DOS LUMINARES

Estimados amigos e colegas!

Em nome de todos os integrantes deste grupo damos as boas vindas ao nosso novo membro, o Doutor Francisco Xavier Medeiros Vieira, desembargador, ex-presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Sentimo-nos honrados com sua participação.


Francisco Rugowiski
Ruy Armando Gessinger


ZAMPERETE

Cristiane Zamperete
O senhor Bernardo Zamperete, avô da professora Cristiane Zamparete, orgulha a todos nós com seu passado histórico, pelos terrenos que cedeu e trocou com o município, da zona do Parque Zamperete, do ESF Maria Alice Gomes, ao local onde está o Ginasião do Bairro e até onde seria construído a UPA. Tudo era dele e da família dele. Foi um cidadão exemplar, assim com o outro avô da Professora Cristiane, senhor Belizário de Souza, que dá nome a outro bairro de nossa cidade. 

Querem apagar a história por quê? Trocar o nome do Parque Zamperete é notória retaliação contra a ação política da Professorara, não sem razão houve coincidência da proposição parlamentar com a divulgação da matéria de que ela sofria perseguições num PDA já prescrito. 

Que vergonha vereador Joel. 

Propor trocar o nome do parque Zamparete é não ter o que fazer. Pior, ainda, é usar a tragédia de uma vítima para justificar o escopo deste absurdo. Se sentido fizesse esta lógica, teríamos que trocar todos os nomes de praças e ruas de Santiago, afinal tragédias é o que não faltam. O que falta mesmo é bom senso. 

Esta proposição é notória revanche contra uma líder política que emerge com força e consenso na comunidade santiaguense e já anunciou que, agora, parte para a política abertamente, embora já venha se destacando nas mídias sociais. 








Conflito na URI viralizou nas redes sociais em Santiago


Eu não tenho interesse em saber fofocas de disputas de aluna e professora, não me interessam assuntos  de assédio sexual, não faço este tipo de jornalismo. Quando acho um assunto pertinente, eu tenho minhas próprias fontes e sou pautado por mim mesmo. Não percam tempo me enviando matérias sobre o ocorrido, para mim, é assunto irrelevante. 

Se o curso de Direito tá sem controle e chega ao ponto que chegou, só entendo que cabe a Reitoria da URI se manifestar e não ficarem enviando notas, cada uma com uma versão diferente. Alguma verdade existe. 

Uma versão corre em todas as redes sociais, viralizou a manhã inteira. Estes grupos do whatssapp nunca são fechados. 

É claro que as acusações são graves. Mas revela bem o descontrole que grassa.

Para assistir o eclipselive pela visão da NASA

terça-feira, agosto 22, 2017

Maristela Genro Gessinger na região e outras anotações

Conversando com meu prezado amigo Ruy Gessinger nesta tarde, soube que sua esposa, Dra. Maristela, estará em Unistalda a partir desta quinta-feira. 

Maristela vem tratar dos negócios da parceria agrícola da Cabanha Gessinger e também se fará presente na convenção do PMDB de Unistalda. Assim, está confirmada sua presença no sábado a convenção do PMDB.

Nina e Matheus em Xangri-la, em janeiro deste ano
Vem acompanhada do seu filho Rudolf Genro Gessinger, que me chama de compadre; jovem, curioso, inteligente, estuda Direito, logo será juiz e um grande amigo que ganhei por intermédio do casal. A irmã do Rudolf, a Dra. Milene, já é juíza de Direito, atua na comarca de Tramandaí, mãe do Matheus, menininho que ficou amigo da Nina, aí na foto eles estão brincando na pureza de suas vidinhas.

Eu acho que o Rudolf quando tiver um filho vai me convidar para padrinho. Ele diz que é o contrário. Enfim, estamos todos em festa com a presença dos nossos amigos. Eu adoro o Rudolf, é uma pessoinha maravilhosa, jovem totalmente educado, fino trato, volta e meia trocamos idéias sobre questões planetárias e de outros países. Ainda vamos dominar o mundo. 

---

Tirei a tarde para fazer duas ações constitucionais e também deliciei-me conversando com meus prezados amigos e amigas. É algo muito gratificante a gente ter um tempo, dar atenção às pessoas e ser útil de alguma forma.

Minha amiguinha Myrela tá me fazendo estudar Direito outra vez. É muito amável, tanto quanto sua avó, a Dra. Rosa Mallet. Mas eu fiz um link dela com o Tarso. Hoje quando nosso ex-governador me mandou o texto abaixo, por e-mail, lembrei-me de uma curiosidade: o Tarso desde que me conheceu me chama de Julinho. A Myrela, da mesma forma, tem uma vozinha suave e doce e me chama de Dr. Julinho. Eu acho uma graça e peço para ela me chamar de Júlio. Mas não tem ... ela insiste. 

Um dia minha filha chegou para mim e me disse: - - pai, o senhor ...

 - Que é isso, Nina?

Eu nunca deixei minha filha me chamar de senhor. Sou o Júlio dela, por isso ela me chama só de pai, papito.

Outro dia ela se queixou que a chamei de: Nina

- Tu tá brabo pai?

- Não, por quê?

- Me chama de "meu amor". Quando tu me chama de Nina parece que tu tá brabo. 

Desembargador Ruy Gessinger toca violino para Nina e Maristela.
Amizades eternas. 

Saudades do meu amor. Sexta-feira teremos audiência e será a terceira vez que ela deverá comparecer perante uma juíza. 

Agora a noite, estou esperando a visita do meu amigo Giovani Diedrich, pessoa sumamente inteligente, jovem estudioso, dedicado a família e aos seus filhos. É sempre um prazer receber um amigo deste valor. 

 Que Deus esteja com todos nós, protegendo-nos e dando-nos luzes para o caminho do bem, da Verdade e da Justiça.

Por fim, recebi mais um caso, hoje a tarde, de um servidor público igual ao da Cris. Mas vou escrever uma matéria específica sobre o caso. É escabroso. 










A impiedade bandida do desespero

Tarso Genro


Meio atônito com a velocidade  da história e com  o sentido da crise, me veio à memória um pensamento recorrente, sempre inspirado numa frase de Steinbeck, no seu fulgurante “Vinhas da Ira”. Algo como “as terras do oeste se agitavam como cavalos antes do temporal”.  E também uma lasca de um poema de Drummond, algo como “nenhum problema resolvido, sequer colocado”. A provável aprovação do “Distritão”, Gilmar Mendes – por razões bem práticas – tornando-se o verdugo da “exceção” e enfrentando os atropelos de Curitiba, a Confederação de Investigados e Denunciados governando com razoável grau de legitimidade, a Segurança Pública destroçada em todos os poros da nação, o “déficit público” -impulso lapidar do Golpe- na estratosfera, o país quebrado sustentando o “rentismo” e a informação das causas de tudo isso, cada vez mais manipulada.


O “perdão” tributário, ensejado pelo Governo quebrado, pode alcançar 72 bilhões informa o “Estadão” de hoje e a “reforma da previdência” retoma fôlego, para ser votada como movimento-chave de Rodrigo Maia, de olho na cadeira do Planalto. Ele quer, pelos menos, desgovernar o país por um ano, consagrado pelos seus pouco mais de 50 mil votos para a deputação federal. Enganam-se os que pensam que esta campanha, que já começou contra os Juízes -pelos evidentes excessos remuneratórios que existem  em todas as carreiras- tem alguma intenção moralizadora ou de saneamento financeiro do Estado. Trata-se, na conjuntura atual, de tentar fulminar o último centro institucional de resistência possível  -o resto já está fulminado- que pode guardar, ainda que contra uma parte significativa do seu corpo burocrático, algum resquício de republicanismo e de consideração com o Estado Social de Direito, capaz de reagir institucionalmente contra o aprofundamento do golpismo.

A eliminação da instância da política processada pelo oligopólio da mídia, com a queimação indiscriminada de todos os políticos – independentemente do seu grau de responsabilidade – , a equiparação dos partidos a quadrilhas criminosas, atingindo em abstrato todas as comunidades partidárias (da suas cúpulas as suas bases), estimula o surgimento dos aventureiros do novo”, dos grupos fascistas que semeiam ódio na internet e fora dela. Este processo já tem reflexos na violência de rua, que se avizinha, e pode gerar uma nova situação política dentro do processo golpista: ações espontâneas de massa, anárquicas, sem direção política e com todas as  infiltrações possíveis, fortes para gerar um desencanto radical com os métodos democráticos de resolução dos conflitos.

A espetacularização dos processos penais cobra o seu preço. De olho no Jornal Nacional, o povo quer mais cabeças para compensar sua frustração, tanto com  o Golpe como com a política em geral. Não interessa se  os atingidos são importantes, se são culpados, se estão vivos ou mortos: o importante é alimentar o cadafalso do espetáculo de um Estado corrupto irrecuperável e de uma sociedade que, se abriu um pouco a sua respiração combatendo a miséria absoluta, precisa devolver aos privilegiados a sua velha condição de donos do mundo, donos das idéias, donos do corpo e da alma de um povo cansado e sem esperança. À criminalização da política corresponde uma politização da criminalidade.

 Que ciclo se abrirá no país?

O pior que pode acontecer é a naturalização da crise, combinada com a passividade  da sociedade civil, que trocou um Governo democrático eleito, com defeitos e erros, por um Governo produto de um Golpe, composto pelo pior do Governo derrubado. Temer golpista é uma simples peça de um enredo de luta pelo poder, através do qual, sob a tutela ideológica de Fernando Henrique -o Grande Mentor do Brasil do Rentismo- se esvai mais um ciclo de democracia e se perdem as esperanças no horizonte. Tudo isso vai custar muito caro e as classes médias que vibraram com a queda de Dilma vão voltar para a proximidade com a pobreza, cujo primeiro sinal é a violência marginal, atacando nas ruas com a impiedade bandida dos desesperados.
.oOo.
Tarso Genro foi Governador do Estado do Rio Grande do Sul, prefeito de Porto Alegre, Ministro da Justiça, Ministro da Educação e Ministro das Relações Institucionais do Brasil.

O exemplo de Marcelo Brum, um santiaguense reconhecido mundialmente


Marcelo Brum é um raro ser humano. Visionário, talentoso, competente, desbravador, altivo e um homem de coragem e posição. Iniciou com o Programa A VOZ DO CAMPO em Santiago, espraiou-se pelo Estado, conquistou o Brasil e - hoje - é referência mundial.

Somos amigos de longos anos. Ontem, ele esteve aqui em minha casa, conversamos longamente e lembramo-nos nossos encontros na Cabanha Gessinger, eis que amigo em comum do Dr. Ruy e da Dra. Maristela. 

Marcelo grava suas duas próximas edições do Programa A VOZ DO CAMPO direto dos Estados Unidos, de Whashington e de Chicago.

Marcelo é um exemplo de quem venceu na vida com talento, garra e perseverança. Com o apoio e o amor de sua amada esposa e companheira, evoluíram do nada para um império, a ponto de transcenderem os limites do país e serem reconhecidos como especialistas internacionais na área.

Marcelo foi bicotado em Santiago, sofreu perseguições, tentaram desacreditá-lo, mas ele não cedeu, não baixou a cabeça, passou momentos difíceis e superou tudo com garra, perseverança, fé e orações. 

Sou muito grato à amizade que desfrutamos e orgulho-me muito de ver um santiaguense honesto, honrado, divulgando nosso nome além fronteiras, dentro da Casa Branca, nos Estados Unidos.

Marcelo é exemplo para todos nós.

Deus o abençoe e o guarde, assim como sua amável esposa, minha querida amiga, esteio de sua vitória e êxito na vida. 


Calidez

A suavidade de Bach ao cravo acalenta minha alma. Deitado em minha cama, notebook entre as pernas, observo meu quarto. As bonequinhas de Nina estão todas no chão. Penso na dor da falta, no sentido da vida, saudades. 

A todos que esperam, que o esperar não seja eterno. 

Poderia ser cálido?

segunda-feira, agosto 21, 2017

Eu mantenho a acusação e desafio a procuradoria do município a provar que estou errado. Vamos todos para o poder judiciário. Querem a verdade sobre o blog anônimo que abriram para derrubar Frederico Peixoto?


A despeito da ligação que recebi, eu mantenho a acusação de que o processo disciplinar contra a professora Cristiane está prescrito, com fulcro no artigo 170 da lei 020/95, pois a data de instauração é de junho de 2016, assinada pela então prefeito Ruivo. 

Eu mantenho a acusação de que estão perseguindo a servidora, ouvindo-a num processo que já está prescrito. 

Quem deu ordens para desengavetar o processo?

Para que serve a procuradoria do Município?

Entrem agora no poder judiciário que eu provo que o processo está prescrito e que tudo é retaliação devido a participação crítica da professora nas redes sociais.

REPITO: É retaliação, é perseguição, é humilhação, porque a professora não se dobrou e não aceita os desmandos, é um pessoa formada em História, crítica, e tem o direito de divergir, expor livremente suas opiniões e idéias. Este processo, prescrito e requentado contra a professora, é mais uma prova de que o alcaide municipal não aceita críticas e precisa ser bajulado. 

Quem não o bajula, ele persegue, como faz com a professora Cristiane, que manteve uma postura altiva, de dignidade, de honradez e de fibra. 

O governo do PP está sem controle, Tiago está num luta desenfreada para tentar calar minha voz, representando contra mim na Polícia, no Poder Judiciário ... não sabe ele que nem a ditadura calou minha voz, ninguém calará minha voz. Sugiro a este presidente fantoche do PP e todos os marionetes, que mudem o alvo, pois eu não vou mudar, não me intimido com representações do Isaque (do escritório do Dionísio) na Polícia Civil e nem no poder judiciário.

Eu estou em mãos com as matérias que o PP distribuiu na cidade contra Dionísio, quando ele concorreu a vice do Burmann, contra o o Chicão. Eu achei jogo muito sujo. Mas estranho a prepotência com que o o escritório do Dionísio me ataca. Éramos amigos e irmãos de igreja e vivíamos em respeito mútuo. Quem quebrou a amizade e reciprocidade cristã que havia entre nós não fui eu.


ATENÇÃO FREDERICO PEIXOTO, FILHO DO EX-PREFEITO CÁSSIO, INTEGRANTES DO DIRETÓRIO DO PP !!!

atenção

Vocês se lembram do blog anônimo que abriram para atacar Frederico Peixoto, cheio de informações técnicas reservadas da administração municipal? Frederico Peixoto era secretário de gestão antes de Tiago, no governo Ruivo. Também era consultor do SEBRAE. 

Todos sabem que Frederico contratou um haker para chegar na fonte. 

O haker, erroneamente, chegou no computador de Breno Pinto de Freitas, no PROCON. Nunca foi Breno. Ele sempre foi inocente. 

Querem saber quem fez o blog para detonar com Frederico Peixoto? Querem saber de onde partiam as ordens e as informações reservadas para derrubar Frederico Peixoto?

Alô Tiago, manda teus advogados aí da Assembléia de Deus representarem contra mim que eu conto tudo. 

Ou querem que eu conte aqui no blog !!!

Eu tenho estas e outras tantas só esperando novas representações para largar. Tu não sabe com quem tu meteu. 

Frederico Peixoto: quer a verdade, vc era atacado e não sabia de onde provinham os ataques. Estou mentindo?


EU ACUSO O PREFEITO TIAGO LACERDA




Na condição de Advogado e integrante da Ordem dos Advogados do Brasil, torno público, a partir deste momento, a acusação explícita contra o prefeito de Santiago Tiago Gorski.

Por perseguição política, devida a oposição que lhe move uma diretora de Escola municipal, Cristiane Zamperete, ele mandou desengavetar um processo prescrito,  cuja ato da data da instauração foi em junho de 2016, ele mandou reabrir um caso totalmente prescrito pelo artigo 170 da Lei 020/95, que diz o prazo da conclusão não excederá 60 dias, admitido prorrogação de mais 30 dias. 

Ele mandou reabrir um processo prescrito, forçou a comissão de um processo disciplinar administrativo, a despeito de todos os procuradores do município, pois qualquer estudante de direito sabe que processo prescrito não surte efeito algum. Mas o fez com o cunho vivamente intimidatório, para perseguir e reprimir quem o critica nas redes sociais.

Eu o acuso de perseguição.

Depois vai nas igrejas evangélicas e se diz perseguido, quando na verdade ele é o perseguidor. 

Ele que venha a público ou contrate os advogados da assembléia de Deus e me processe se eu estiver mentido. 

Eu o acuso. 

Ele usa a máquina do Município para semear terror, para disseminar o medo. Ela acha que seus choramingos nas igrejas vão me intimidar. Comigo não, perseguidor. 

Eu o acuso perante a sociedade santiaguense de intimidar uma mulher, de abrir um processo prescrito contra ela, somente com o intuito de calar as vozes críticas contra esta péssima e desastrosa gestão, que se afirma com base em processos e intimidações. 

Coação, repressão, intimidação, armas vis e covardes que o PP de Santiago está usando contra uma indefesa diretora. 

Mas eu a defendo e vou levar até o fim cada um dos processos e inquéritos, seja contra mim, seja contra quem for, para tu veres, Tiago, o medíocre que tu és, achando que vais calar a voz da sociedade usando o aparato policial e judiciário do Estado. 

Ditadorzinho, nem todo mundo é teu capacho na cidade de Santiago e nem todos têm medo de ti. Se tu achas que semeando o medo e o terror vai calar as críticas, estás enganado. Eu não me calo e para mim o lixo da história já reservou o lugar para ti. 

BOM DIA, O ESTRANHO ESCANTEAMENTO DE CLÁUDIO CARDOSO E A AMPLIAÇÃO DO GRUPO DOS PINTOS NO PODER MUNICIPAL

Começo uma semana que promete ser alvissareira. Sexta-feira, as 14.30, em Itaqui, no JIJ, tenho uma audiência sobre minha filhinha. Estou orando e peço orações dos irmãos e amigos. É fundamental a graça divina e a intercessão espiritual para que todos sejamos abençoados.

--

Eu estou bem. Apenas fiz um relato de minha tristeza sábado a noite. Nada anormal, faz parte do quadro de dor em que estou inserido desde que fui afastado de minha filhinha. Foi algo doloroso, machucado, mas com o qual sou obrigado a compreender e a conviver. 

--

No município, a grande novidade é o ingresso da jovem nutricionista Gabriela Pinto, filha do Tavinho, neta do Dr. Valdir Amaral Pinto, que vai controlar a qualidade da merenda escolar. Uma grande iniciativa, torço pela jovem, sei que ela vai marcar em cima, especialmente os alimentos podres que chegam de Uruguaiana, que é um escândalo. Recebi um relato interno agora pela manhã dando-me ciência desta situação, o relato partiu de dentro da própria estrutura funcional. Alguém que sabe o que está acontecendo. 

--

Cláudio Cardoso, Pastor Evangélico, homem decente, de vida limpa, conduta ilibada, sempre pregador do bem e da paz, foi quem ganhou a eleição para o PP. Seu prestígio em todas as classes sociais, avalizou o nome de Tiago. Eu - pessoalmente - sempre acreditei na palavra de Cláudio e imaginei que ele seria o grande nome que emergiria no evangelho Estado afora. Entrar para a política, nesse covil, foi um grande erro. Ele não fez a diferença  e poderia ter se tornado um dos maiores nomes do evangelho em nosso Estado. Afastei-me da Igreja dele devido a política partidária. 

--

Hoje emerge uma realidade. Cláudio descobriu-se usado, não indicou nenhum secretário, passa mais pelas oficinas, descobriu expedientes usados na campanha os quais discorda, e tem revelado, na intimidade, uma posição quase irrevelável. Eu sei, mas não vou falar. Mas o descontentamento de Cláudio Cardoso é enorme, fizeram dele o que fizeram com Toninho. Nada será estranho a partir de agora, inclusive ... 

--

Se Cláudio renunciar eu volto para a Igreja dele na mesma hora. Este valor do subsídio de vice-prefeito a gente dá um jeito e paga em dobro  e ele se consagra como o grande pregador de Deus em nosso Estado. 

sábado, agosto 19, 2017

O vazio patético de um sábado a noite sem sentido


São 20.30 minutos deste sábado. Deitado, encerrado em meu quarto, assistia a um documentário sobre a Babilônia. A telefone toca. É o amigo Carioca de Unistalda. Desligo o vídeo e falo com ele. 

Quando nos despedimos, sinto o peso da solidão e um início de depressão. Meu peito parece doer. Sei quando me acontece isto. Olho o vazio do quarto, as bonequinhas da Nina ainda estão todas no chão, exatamente como ela deixou domingo passado. 

De repente, sem querer, caio na reflexão existencial e é tudo muito triste. Ouço trovões nos céus. Não sei notícias de minha filhinha. 

Sinto falta da Nina, tudo me dói. As amizades que vem, vão. São tão passageiras quanto o vento. 

Estou perdidamente só. Perplexo. Patético. 

Ouço os primeiros pingos de chuva. 

Uma tristeza imensa e profunda corói meu ser. Corta minha alma. É tudo tão dolorido. Não sei trabalhar com esta tristeza imensa. 

Vou procurar refúgio em mim, dentro de mim mesmo. É um abismo colossal. Sei que é parte do meu destino. Tapar meu corpo. Tapar minha cabeça e fingir que o mundo não existe. Até eu acordar e sonhar com o eterno ou defrontar-me com a realidade.

Poderia ser cálido? 

quinta-feira, agosto 17, 2017

Atendendo ordem da Doutora Juíza da 1ª vara de Santiago, facebook entrega IP de fake que fazia ataques no anonimato



Em ação deste advogado, a juíza da Primeira Vara Cível da Comarca de Santiago determinou ao facebook do Brasil a quebra o IP do fake que fazia postagens apócrifas contra integrantes da sociedade do Capão do Cipó, dentre eles, secretários, políticos, advogado e prefeito municipal.

Foi a primeira vez em Santiago que uma ação desta natureza foi acolhida e resultou exitosa. 
Magistrada Ana Paula, talentosa e brilhante
lutou pelo resgate da Verdade e Justiça. Uma
Senhora Juíza.

O fake Marcos Rigon foi identificado em todos os IPs que usou para usou para caluniar e difamar pessoas no anonimato (vedado pela pela Constituição Federal).

Os IPs são todos da Vivo e de DSL da Vivo. Mas o facebook apresentou o número do IP e a hora em que foram feitas as postagens.

Inclusive todos os que comentaram e curtiram as calúnias serão chamados à responsabilidade civil e criminal. 


Cabala, Estado e as razões anti-iluminatus

Acreditar é mais fácil do que pensar. Daí existem muito mais crentes do que pensadores.

Bruce Calvert

Quando viajo, procuro pensar na minha própria cidadania. Para fugir das reflexões mais sérias, apenas ouço Beethoven e tento responder aos múltiplos questionamentos da hidra . Dentre eles, ela quer saber: por que 40 anos para iniciar os estudos sobre Cabala? (Os maçons reacionários de direita local são apaixonados por Hitler e anti-judeus. Mas pegam aulas do Paulo Stekel sobre cabala judaica e se acham moderninhos. Santa ignorância).

Pondero, pondero, pondero! Mas ela sempre retruca e acha preconceituosa a sugestão. Não sem razão, entre mapas e escanerizações do relevo regional, ainda encontra tempo para dar uma lida sobre a Cabala judaica, aliás, um assunto que há anos apaixona-a. E o Oracy Dornelles presenteou-a com uma obra bem sugestiva sobre o assunto.

Alguma razão deve nortear a cabeça dos nossos rabinos. Penso que deva ser a maturidade e a razão aguçada com o passar dos anos. A maturidade, quando acompanhada da razão e uma boa dose de exercício dialético, é extremamente perigosa. Perigosa? Sim, perigosa!!! Comigo foi exatamente isso que aconteceu, tornei-me, com o passar dos anos, cético, descrente, desiludido e ainda conseguindo identificar um núcleo de razão e uma pontinha de verdade em muitos movimentos teórico/políticos.

Todos nós, por alguma razão, gostamos de acreditar em alguma coisa. Acreditamos numa religião, num time de futebol, num partido político, numa ideologia, numa dada concepção de amor, rosa cruz, maçonaria, assembléia de Deus, sarava, espiritismo ... ... E as crenças nos movem. Arquétipos de um jeito ou de outro fazem nossas cabeças. O agnóstico é um crente propenso ao cientificismo e o ateu é um crente que crê nas desconstruções de crenças, mas nem por isso deixa de ser um crente. No final, somos todos crentes.

E, ademais, somos produtos pautados por alguém midiaticamente, para ser bem contemporâneo.

Estou em crise. Crise de um lado, crise de outro, crise de outro, crise de outro. Adoro as crises. Depois delas vem a estrela cintilante. Não é uma crise existencial propriamente dita. É uma crise ética e de civilização. Afinal, me pergunto: o que vale a pena? Tudo, diria Fernando Pessoa, se a alma não for pequena, ressalvando. Há sim, mas a questão da alma antecede tudo. Materialismo ou Idealismo? Odeio falar em espírito, em Hegel, logo me veem com Alan Kardec, que saco, preciso explicar acerca da fenomenologia do espírito hegeliano e mesmo assim ficam pensando que Hegel é espírita; desisto.

Um dia, depois de muito quebrar a cabeça, me descobri nu, perplexo e com meus valores em crise.

No início, quando eu era guri, até meus 30 e poucos anos, pela minha formação, pelo que eu lia, pelas crenças, enfim, que professava, conclui que o problema eram os donos dos meios de produção, o latifundiário, o industrial, o fabricante...estava – ideologicamente – ao lado dos empregados, sempre. O que eu não questionava e nem nunca questionei, foi o ESTADO, a burocracia, as corporações que controlam o Estado, as relações que o Estado estabelece com as pessoas.

O Estado me era distante. Sempre pensei no Estado de forma romântica, como gestor do bem-comum, patrocinador de justiça social, agente de equilíbrio entre as pessoas. Talvez eu já conhecesse o Estado por dentro, mas sempre neguei a assumir uma crítica contra, pois essas mesmas críticas eram arremetidas pelos neoliberais, e esses eu aprendi a odiar.

Neoliberal é aquele sujeito que quer um Estado mínimo, que quer tudo para si, um egoísta...o Estado, nas minhas crenças, era o avesso do egoísmo, era a própria essência do coletivismo.

Os anos passaram. Eu não amadureci para estudar a Cabala, mas os estudos que tive e os instrumentais teóricos da própria sociologia, os quais adquiri nos meus vinte e poucos anos, foram me permitindo uma visão um pouco diferenciada do que eu imaginava que fosse o Estado.

Hoje, aliás, não é de hoje, hoje não tenho mais as mesmas crenças que já tive um dia. É claro que nesse universo imbecil de aparar as conversas e limitar tudo num rótulo, diria que rompi com a esquerda clássica. E a outra esquerda que é a não-clássica? Risos cínicos, é só o que sei fazer.

Nessa semana que passou, li e analisei atentamente estatísticas sobre pequenos e micro-empresários que quebram antes do primeiro ano de negócio. Um índice assustador. Os mágicos, chegam ao terceiro ano. Os motivos? As amarras legais, o fisco nas 3 esferas de entes federados, o INSS, a burocracia...

Enfim, o Estado é isso. Uma máquina, controlada por pessoas e famílias (os verdadeiros espertos) e mantido pelos bobos que trabalham para pagar tributos e que acreditam em discursos furados que lhe ensinaram que os cidadãos e pessoas decentes são aquelas que pagam seus tributos em dia.

É essa mentira que envolve a cidadania e enrola o bom-senso das pessoas limpas, que tem mantido os tentáculos intocáveis de uma máquina abominável. 

As elites, formam seus filhos em Direito e operam só dentro das leis. E quem ousa falar e questionar, ainda é condenado. E os pobres, dê-lhe trabalhar para pagar tributos.

Nessa semana passada, eu fiquei tempo falando com a Tia dos Doces, aquela senhora que vende docinhos a 1 real  ali na praça. Ela fica entre 10 e 12 horas por dia, sentada ali no calçadão, oferecendo docinhos para quem passa. Uns param, outros ignoram sua oferta. Mas ela me contava que estava com o recolhimento do seu INSS atrasado desde maio e que não tava conseguindo pagar mais um dia por causa das multas. Ela precisa vender dezenas de docinhos por mês só para o INSS. E nem vamos falar na luz, água, comida, roupa...E é para esse mesmo Estado que mantém cúpulas vivendo faustosamente que a doceira se priva de comer para pagar seu INSS.

Em todos os aspectos, o Estado é uma vergonha, uma imoralidade, uma excrescência.

Eu achava, nos meus delírios infantis, que o PT fosse reparar um pouco disso tudo. Mas não. Foi pior, pois se apropriaram ainda mais do Estado.

Adianta eu falar, escrever??? Não, não adianta. O Estado brasileiro é forte, tentacular, intocável. Só seria possível repensá-lo seriamente, quebrando-o e isso implica numa situação revolucionária. E não existe nenhum movimento revolucionário nesse sentido no Brasil. A burguesia liberal não é revolucionária, pelo contrário, é conservadora e legalista. Apenas chia para pagar menos tributos, mas não avança além disso. Qualquer semelhança com nossos empresários chutadores de baldes não é mera coincidência. Quem está forte mesmo são os que controlam o Estado, pois estenderam suas ramificações na sociedade civil, controlam e aparelham suas entidades representativas e corporativas; e vamos para mais um pleito nacional escolhendo entre candidatos mais a esquerda ou menos a esquerda, mas que – em comum – têm, a sanha estatal. Em outras palavras, não vai mudar nada. Nosso futuro é incerto. O PT está fraco, despenca a cada pesquisa, mal entendo o que está acontecendo. Marina é uma incógnita;  um PSB de direita, Aécio, nem pensar. Que quadro, jamais imaginei isso ... 


Prego num deserto. Sou mais um imbecil, alguém me compreende? Não sou liberal, sou de esquerda, mas sou antiestatal. O Estado é um monstro, não sou anarquista. Gosto do FFHH, mas não sou tucano, apenas entendi as teorias de Guillermo O'Donnell, fecham com algumas de minhas conclusões. Vou estudar Cabala e assistir filmes anti-iluminatus no youtube. Eles me fazem rir, sem ser escárnio.

CONHEÇA DECISÕES DO STJ SOBRE EXAME PSICOTÉCNICO EM CONCURSO PÚBLICO....



A realização de exame psicotécnico em concursos públicos é motivo de tensão para muitos candidatos, devido à subjetividade do teste e à falta de critérios claros de avaliação.

Por essas razões, pessoas reprovadas no exame costumam recorrer ao Poder Judiciário em busca de liminares que garantam sua participação em outras fases da disputa pelo tão sonhado cargo público. Quando a ilegalidade é verificada, as liminares são concedidas.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) tem jurisprudência consolidada sobre as situações em que o teste psicológico pode ou não ser exigido, e os direitos e as obrigações dos candidatos.

Legalidade O STJ entende que a exigência do exame psicotécnico e psicológico para a aprovação em concurso público somente é lícita quando está expressamente prevista em lei. Importante ressaltar que edital de concurso não é lei.

De acordo com a jurisprudência, a legalidade do exame psicotécnico está condicionada à observância de três pressupostos necessários: previsão legal, cientificidade e objetividade dos critérios adotados, e possibilidade de revisão do resultado obtido pelo candidato.

A objetividade dos critérios é, portanto, indispensável à garantia de legalidade do teste. Dessa forma, é vedado o caráter secreto e desconhecido dos próprios candidatos.

O edital de concurso deve conter, de forma clara e precisa, os critérios utilizados na avaliação. Quando isso não ocorre, o Judiciário tem declarado a nulidade do exame.

O STJ entende que a determinação judicial para que seja realizado novo exame psicotécnico deve ser feita independentemente de pedido expresso da parte.

Força Política


terça-feira, agosto 15, 2017

Por acreditar nas orações e no poder das orações dos justos e das justas, é que, humildemente, peço orações pela saúde da Nina.

Hoje a noite consegui falar com minha filhinha. Está mesmo com catapora. Em repouso, sob cuidados ... de molho.

Estava feliz que uma tia dela, a professora Ângela havia lhe presenteado com uma boneca. Mas, doença é doença. Creio que - às vezes - a gente se preocupa mais que o necessário.

Não sei tratar como a doença quando envolve a Nina. Fico angustiado em excesso e não consigo sequer me concentrar. Passei a noite sonhando com ela, acordando em súbitos. Mas acredito nas minhas orações e orações sinceras dos meus amigos e amigas. Creio que bem medicada e com a graça divina ela vai estar boa e de volta ao nosso convívio em poucos dias. 

Por acreditar nas orações e no poder das orações dos justos e das justas, é que, humildemente, peço orações pela saúde da Nina. 


MASSADA ... UMA HISTÓRIA VERDADEIRA DE DIGNIDADE HUMANA

Um dos episódios históricos que mais me chama a atenção pelo valor de ética e da dignidade é o MASSADA, ocasião em mais de 900 judeus, cercados pelas tropas romanas, decidem pelo suicídio coletivo a se renderem e a viverem como escravos, submissos e oprimidos.

Resistiram dois anos no topo de uma montanha e não deram o gosto da vitória aos romanos, pois preferiram matarem-se uns aos outros e suicidarem-se os que restaram.

Este filme é breve relato de uma viagem, menos de 10 minutos, e sugiro aos leitores do meu blog. 
Embora não tenhamos tradição de vídeos no Youtube, vale a pena curtir MASSADA. 

Justin Bieber vira evangélico

O Tabloide britânico The Celebrities disse que o astro pode estar em uma ‘nova aventura’

O polêmico Justin Bieber anunciou que dará uma pausa na carreira para se dedicar à igreja.

A assessoria do cantor confirmou que Bieber passará por um ‘período sabático’ e cancelou diversos shows que o artista faria durante esse ano.
O astro Pop tem frequentado rotineiramente uma igreja evangélica.
Segundo o tabloide, Bieber estaria vivendo um affair com o pastor e líder espiritual Rich Wilkerson.
Rich está sendo apontado como o mais novo ‘investimento’ do músico.
Os dois chegaram a viajar para uma praia onde ficaram muito próximos e com direito a banho de mar juntos.
Após o término do relacionamento com a cantora Selena Gomes, Bieber não assumiu ‘publicamente’ nenhum outro relacionamento sério.
Fonte - Diário do Brasil.org

Heinze Governador: deu pra ti, baixo astral, vou pra Porto Alegre, Tchau


O Jornal Zero Hora escrachou para o Estado. A notícia é bomba. Oficialmente, Heinze assume que vai disputar o Piratini. 

Pessoalmente, penso que ele está certo. Tem bala na agulha, é uma pessoa dinâmica, conhece a realidade do Estado e termina com esta lenga-lenga do PMDB e PSDB. Sai da condição de coadjuvante e assume papel de ponta. 

Santiago é a terra do Heinze, não é bem, mas a gente faz de conta que é.  Assumimos cada vez mais o protagonismo no Estado. Ruivo está elaborando seu plano na área estadual de saúde. É tudo muito sério. Deram um susto no PMDB e no PSDB. Heinze alertou a força política e o capital eleitoral que têm em mãos. 

Tem tudo para ganhar a eleição. 

O resto vem a reboque. 

Gostei do protagonismo do Heinze. 

O Heinze é camaleão. Leu bem meu livro. Sabe joquear com a direita e a esquerda. Nunca será um extremista. É claro, pisou na bola atacando os negros, índios e lésbicas. Mas isso é discurso, ele tava jogando para a plateia. 

Pegou uns trocos da JBS, e daí, os caras tavam doando. Até eu pegaria, quem não pegaria que atire a primeira pedra? Ele precisava de dinheiro para repartir com os seus. É certo que ele não é um santo, mas nem queremos um santo no Piratini. É claro que ele é melhor, mais dinâmico e mais decidido que o SARTORI. Com ele não tem china pobre. Heinze tira leite de pedra. Sabe se virar nos 30, nos 40, nos 50 ... To louco para ver o circo gaúcho pegar fogo. Botamos ele e o bombeiro de senador. Como Santiago já tem 3 candidatos a deputados federais, agora com o anúncio público do Itacir Flores, são três. Temos cinco candidatos a deputado estadual, sem sombras de dúvidas, a política estadual está girando ao nosso redor, é nosso protagonismo, ninguém bate Santiago. Urra. 

Só falta alguém de Santiago candidato  a presidência. O Estado do Rio Grande do Sul já começa a gravitar em torno de nós e de nossa região. Heinze escolheu a terra do bugio para fazer o anúncio. Não foi emoção. Foi tudo pensado. Ele me ligou e quis saber qual era o momento certo. Eu disse: o momento é agora. O cavalo está passando montado. Salte. Ele saltou. 

Eu defendo que o Leite, de Pelotas, seja seu vice. O leite se prepara para a próxima. É jovem e tem futuro. Sozinho, não leva. De vice do Sartori, é como colocar uma baleia numa pia, então o futuro do Leite é ser vice do Heinze. O Leite é favor da maconha, defende o casamento de pessoas do mesmo sexo, é uma luva para o casamento com o Heinze. Confunde um pouco, mas logo o povo assimila e os pecados do Heinze ficam perdoados. 
É o par perfeito. Sincretismo, mas perfeito. É o perfeito imperfeito. 

O Heinze não é tão ruim como pensam nas esquerdas. Eu conheço ele. Pego no pé dele quando a audiência do blog começa a cair. Ele sabe jogar. 

Pior do que está não fica !!!

Protagonismo não é titica de galinha. O Rio Grande do Sul percebeu isto. 

O hino da campanha será a música do Kleiton e do Kledir:

Deu pra ti
Baixo astral
Vou pra Porto Alegre
Tchau!

Quando eu ando assim meio down
Vou pra Porto e bah! Tri legal
Coisas de magia, sei lá
Paralelo 30

Alô tchurma do Bonfim
As gurias tão tri afim
Garopaba ou Bar João
Bela dona e chimarrão

Que saudade da Redenção
Do Fogaça e do Falcão
Cobertor de orelha pro frio
E a galera do Beira-Rio






  

segunda-feira, agosto 14, 2017

E depois dizem que eu sou complicador

Eu estou advogando num PDA contra uma diretora de Escola do Município de Santiago.

Fui intimado da oitiva da autora de uma denúncia contra minha cliente para dia 16, as 9 horas da manhã.

Hoje, recebi uma ligação de integrante da Comissão suspendendo a oitiva sob argumento de que a autora não tinha substituto na função.

Só que a secretária municipal de educação, MARA REBELO, corretíssima, aliás, negou a veracidade da informação que me foi repassada de forma verbal, por telefone.

É óbvio que, se manter a suspensão, e não tendo justificativa plausível, serei obrigado a impetrar um MS em face da autoridade coatora.

Depois não digam que é que sou complicador. 

Antes, porém, espero que prevaleça o bom-senso e a VERDADE, aquilo que prega nosso vice-prefeito evangélico. 




Forças Armadas sofrem corte de 44% dos recursos e militares se acovardam

O país amanheceu sob o impacto desta notícia de grande repercussão, especialmente para nossa região, fortemente militarizada e mote forte da nossa precária economia.

44% no corte dos recursos é mais que uma punhalada nas costas. Mas é preciso refletir. 

As forças armadas brasileiras consomem boa parte dos seus recursos com folha de pagamento. De outro lado, não se investiu em pesquisas e nem em tecnologia de ponta. De outro, os teóricos militares não souberam inventar uma alternativa que justificasse sua razão de ser. 

É uma terrível contradição. Os militares gozam de excelente conceito na opinião pública do país. Nunca se viu os militares tão por cima como na atualidade. 

Aceitar tais cortes, aponta no sentido do desmantelamento mais amplo e abre portas para o mesmo destino da RFFSA. 

A inteligentsia militar deveria ter esta leitura bem clara. 

A hora de reagir e dizer não aos corte é agora. Se deixarem passar, consolida-se o golpe neoliberal em cima dos militares. Com a força do momento, do apoio da população, ainda se tem força de dar as cartas, sem medo. O contrário, é aceitar a coleira e dar ao país um destino semelhante a si próprio.

Uma reação é sempre uma sacudida salutar, até para ver manda de verdade e para tirar a política da mão deste bando de ladrões. 

A hora não é de acovardar. É de reagir. 


domingo, agosto 13, 2017

Programa Zero

Nina doentinha

O meu sábado a noite foi marcado pela descoberta de que a Nina está com catapora, sarampo...ainda não está claro. 

Nossa rotina foi totalmente alterada. 

Não está claro, ainda, qual é a doença exata. Sarampo é um quadro mais grave.

Catapora é mais simples. 

Ela está medicada. Vou passar a noite cuidando dela. Não tenho condições nenhuma de dormir. A gente está sendo assistido por dois médicos e eu espero que Deus estenda suas mãos sobre a Nina. Estou em oração e peço aos meus irmãos e amigos que orem por nós. Não é nada grave, isto é certo, mas eu fico muito apreensivo. Sei lidar com doença em mim mesmo. Mas em minha filhinha, bate o pânico.

Deus - sabemos - dá as maiores batalhas para seus melhores soldados - e eu aceito o desafio do dia dos pais. Por algum desígnio eu descobri tudo. 

Nina me disse que acordou neste sábado, quando ainda estava em Maçambará, com as bolhas no couro cabeludo, mas me disse que ficou com medo de contar para sua avó.

Sei que isso é um quadro de normalidade. Mas criança e criança, por isso, orem pela Nina. 

sexta-feira, agosto 11, 2017

PARA LER E REFLETIR


A crônica de hoje, blog do Desembargador Ruy Gessinger, "um requiem para seu eleutério", é um destes textos raros, eivados de subjetividade e que ensejam um leitura reflexiva e pormenorizada. Simplesmente demais.

Para lê-la: clique aqui.



Família, casa, lar e amor


NASCIDO EM 12 DE AGOSTO ...




Anjos da Humanidade
Esta hierarquia é chamada de "Senhores do Sacrifício". A energia por ela utilizada é a do poder do verbo: a linguagem. Foram assim denominados, porque, em outras vidas, deram um nível superior de consciência para o grupo em que viviam. Segundo Helena Blavatsky, estes seres seriam pilares de Luz, o princípio divino que está instalado na forma humana.
Se você faz parte dessa categoria deve estar se perguntando: "Então eu não tenho anjo?". A princípio não, pois você já tem uma essência angelical muito forte, em decorrência de atos humanitários, através dos quais sua própria vida foi doada em benefício de um grupo. Contudo, na hora em que você nasceu, havia um anjo presente para ajudá-lo nessa nova vida. Se você sabe o horário do seu nascimento clique aqui, se não souber, você pode escolher o anjo que será o seu guardião.

Somente a presença física das pessoas nascidas em 19/03, 31/05, 12/08, 05/01 e 24/10 consegue afastar o anjo contrário de uma família ou de um grupo. Quando ministro cursos em que participam pessoas nascidas nos dias governados pelos anjos da humanidade, eles transcorrem mais suaves e leves. Em nível cósmico, elas produzem a força total da consciência, dando uma combinação inteligente, o que de certa forma, representa uma aliança com Deus.

Os anjos da humanidade possuem costumes e leis admiráveis. Devem aprender a vibrar positivamente, ter mais coragem e não se conformar com as opinioes correntes das massas. 

Também são inimigos da impureza, da ignorância e da libertinagem. 

Terão muito respeito pelos seres humanos, honrando suas palavras. Essas almas imortais viveram por muitos séculos seguidos aqui na terra. 

Os anjos terrenos nunca poderão transgredir essas leis, deixando-se dominar pelo anjo contrário. Se isso ocorrer, sua missão não se cumprirá e tudo se voltará contra eles.

A amizade ou mesmo a união de duas pessoas nascidas nos dias governados pelos anjos da humanidade é uma aliança divina com Deus. 
Texto extraído dos livros Anjos Cabalísticos e A magia dos anjos cabalísticos de 

Monica Buonfiglio