Páginas

quinta-feira, abril 20, 2017

Voltando

Estive ausente do blog por razões puramente profissionais. Precisei ir até Itaqui e ontem passai a tarde em Santo Ângelo, assuntos exclusivamente jurídicos e cheguei em Santiago perto das 23 horas. O cansaço não foi maior, graças a companhia do companheiro Giovani Diedrich, um grande motorista, afora ser um grande amigo e um ser humano fabuloso. 

Estou muito bem, graças da Deus, vivendo o melhor período da minha vida. 

Minha filhinha está bem, com os avós, em Maçambará, estou muito feliz com tudo. 

Existencialmente, estou bem. 

Contem todos comigo. E lembrem-se, eu não nasci de susto. 

Por outro lado, que chocante este caso de um pai estuprando uma criança. Imagino as consequências psíquicas na cabeça desta criança, marcará ela para o resto da vida.

Eu acho que larápio que estupra uma filha, uma criança, não tem tratamento, não tem cadeia. Pena que o Brasil não adote a pena da morte. Um cara que faz isso, vive num nível de doença sem volta. A volta, seria a pena de morte nestes casos.