Páginas

sexta-feira, maio 19, 2017

Dia 03/11/2016: Maioria do STF vota que réus não podem estar na linha sucessória da Presidência...

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2016/11/03/stf-julga-se-reus-podem-ser-presidentes-da-camara-ou-do-senado.htm

--

http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/11/maioria-do-stf-diz-que-reus-nao-podem-presidir-camara-ou-senado.html

--

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/noticia/2016/11/maioria-do-stf-rejeita-reu-na-linha-sucessoria-da-presidencia-do-pais.html



Boa sexta-feira para todos:
Ministra Carmem Lúcia

Rodrigo Maia e Eunício são réus em processos que tramitam no STF. Como o STF já decidiu em novembro passado, o mínimo que se espera é que nenhum deles ocupe a linha sucessória. 

Ante a vacância de Temer e de ambos, pela lógica do artigo 80, da CRFB, a presidência deve ser assumida por Carmem Lúcia, Presidenta do STF. 

Existem chutes de todos os lados. Mas a Constituição é clara. 

No sangra Brasil, evidentemente, qualquer coisa pode acontecer. Inclusive o STF rever o que ele próprio já decidiu. 

A GLOBONEWS anunciou, agora a meia noite, que Rodrigo Maia assume e tem 30 dias para convocar eleições indiretas. Meu Deus, onde está escrito isto? É invenção da cabeça da jornalista. 

Se o STF aplicar o que ele próprio decidiu para Renan e Cunha, é evidente que nenhum pode assumir. Muitos diriam que é um golpe jurídico do STF, mas não é. 

Por outro lado, eu vejo Carmem Lúcia como uma mulher exemplar. Vida ilibada, conduta reta, pessoa idônea, honrada, correta, creio que seria uma grande presidenta para conduzir nosso país neste momento de turbulência. Com ela, não passa o golpe da ampliação dos mandatos em dois anos e as eleições de 2018 seriam conduzidas com sobriedade e serenidade, valores que Carmem Lúcia tem de sobra.

A confusão é grande. A imprensa é desorientada, existem chutes para todos os lados. É claro, o ideal seriam diretas já. Eu tenho posição. Voto em Lula, em Ciro e, por exclusão, em Marina, se não tiver uma das duas opções primeiras. É claro, diretas já, agora, ninguém tiraria a vitória de Lula; e Moro não teria tempo de levar avante suas intenções de impedir a candidatura de LULA. Seria uma vitória estrondosa neste momento. 

Aliás, como o Moro ficou mal na parada. Não aceitou delações do Cunha, por que será? Muito estranho. Não vi um analista político, destes sérios do país, que não manifestasse estranheza. 

Por outro lado, a PGR virou o jogo na opinião pública. Prendeu e cortou na carne. Marcou pontos e agora sua atuação foi decisiva e fatal. E amanhã ou segunda-feira, o mais tardar, surgem mais nomes na mesma delação ... são os escalões inferiores, e vem mais surpresas. 

E o pessoal de Santiago e região com andava com o adesivo em seus carros: não tenho culpa, votei no Aécio.

Por fim, cada dia meu livro vira profético: " ser político é falar várias linguagens embutidas numa só, é aparentar uma coisa e ser outra, é dizer uma coisa e fazer outra". 





Por fim, nem tudo está perdido. Nem todos os políticos são iguais. Temos um deputado em Santiago que é um exemplo de honradez e dignidade, limpo, não tem rabo, merece nosso apoio e nosso aplauso. Nosso exemplo, nossas virtudes. Miguel Bianchini.