Páginas

sábado, maio 20, 2017

Nina

Cheguei em Santiago há instantes. Fui buscar minha filha, em Maçambará; ela passa o final de semana comigo e temos muitas programações a curtir. 

Meu martírio está sendo uma bota para Nina. Entra no pé, mas trança na canela. Que parto. Tinha que ser uma bota. Pessoalmente, tenho minha teoria, mas não posso falar. Acho que minha filha está com um excesso de peso. O peso dela deveria ser 19 a 22 kilos, pela idade. Ela pesa 32 kilos. Um excesso considerável. Mas ele é comilona mesma, gosto de tudo ... Se ela morasse comigo a botaria num tratamento rigoroso até voltar ao peso ideal.

Semana que vem inicio um tratamento vascular com o cirurgião vascular Dr. Munaro. Não sei bem o que me espera, mas não é nada bom. Mas faz parte, é um sintoma que vai para o segundo ano, mas cada vez mais grave. 

Quero ver se consigo me manter bem até o aniversário da Nina, dia 04 de junho, e a partir daí vou me dedicar a cuidar deste grave problema, não descartando a cirurgia deste coágulo que fiquei no cérebro, devido a um capotamento. Por enquanto, está tudo controlado. Mas houve, certamente, um agravamento. Mas isso é assunto para os médicos.

Desejo um bom sábado para todos, um bom descanso para todas as famílias e muito amor nos corações.

Vou desempenhar meu papel de pai de final de semana. É o custo das escolhas erradas e os relacionamentos falsos. Mas cada qual com sua cruz. 

A tarde vamos deixar os convites para algumas amiguinhas de Nina e  deixar ela curtir o local onde nasceu, viveu e ama.